• BS+

ÚLTIMAS NOTÍCIAS: Ricardo Salles renuncia em meio a investigação de extração ilegal de madeira


Ricardo Salles and Bolsorano
Picture courtesy: DW

1- O controverso ministro do Meio Ambiente do Brasil, Ricardo Salles, anunciou na quarta-feira que estava deixando o cargo em meio a uma investigação sobre alegações de que ele obstruiu uma investigação policial sobre extração ilegal de madeira.

2- O mandato de Salles como ministro desde 2019 tem sido marcado por altos índices de desmatamento na floresta amazônica e uma série de investigações sobre supostas irregularidades, o que levou a uma crescente pressão pública para que ele renunciasse.

3- Este mês, o Supremo Tribunal Federal abriu um inquérito sobre as alegações de que Salles obstruiu uma investigação da Polícia Federal sobre a extração ilegal de madeira na Amazônia. A ordem judicial veio depois que o ex-delegado da Polícia Federal no estado do Amazonas, Alexandre Saraiva, moveu uma ação contra Salles alegando que ele interrompeu a investigação que resultou na maior apreensão de madeira ilegal do Brasil.

4- Salles está sendo investigado por ação administrativa, embaraço de fiscalização ambiental e embaraço de investigação de infração penal envolvendo organização criminosa.

5- A Polícia Federal do país também está investigando Salles por causa de alegações de que ele usou sua posição para enfraquecer as fiscalizações sobre a exportação de madeira pelo Ibama, o órgão ambiental do país.

6- Após a renúncia de Salles na quarta-feira, o presidente Bolsonaro nomeou Joaquim Alvaro Pereira Leite como o novo ministro do Meio Ambiente do Brasil. Leite era membro da Sociedade Rural Brasileira e trabalha como secretário do Ministério do Meio Ambiente na Secretaria de Serviços Ambientais e da Amazônia desde setembro de 2020.

48 views0 comments